domingo, 14 de março de 2010

um pouco cansado

Um pouco cansado.
Cansado de escrever, e cansado de assinar o meu nome.

Cansado de usar a minha escrita para me revelar, e para me distanciar. Como se com a escrita viesse a arrogância de me ajuizar como o detentor último da razão.
E se sou? Nesse caso, estou ainda mais cansado do que penso.
Acima de tudo, estou cansado de estar sozinho a defender o que está quase desarmado, o que já foi batido e destruído e violado 20 vezes e que ainda é visto como o pior dos males actuais.

Acima de tudo, estou farto. Apercebo-me cada vez mais que não dou o exemplo que querem que eu dê. Que o mundo não vai mudar por muito que se tente falar com ele.

Que a maioria das pessoas, quiçá dos meus leitores, já sabe o que defender e como me julgar ainda antes de ler os meus primeiros parágrafos.

Começo a não ver objectivo em assinar os meus textos com o meu nome.
Afinal de contas, não digo sempre as mesmas coisas?

Meus amigos e leitores, leitores amigos, vou fazer uma longa pausa da escrita.
Estarei pela blogosfera, especialmente pelo Forum Política e Sociedade, talvez em mais alguns sítios, enviarei emails para os meus bloggers favoritos a meter conversa, mas por enquanto, peço-vos a fraterna paciência de aguardarem o meu prolongado retorno.

O que me leva a fazer isto é uma sensação de desilusão enorme. Expirou este meio, esta forma de comunicação, continuarei a caminhada para encontrar outros.

Voltarei com novas conversas, novos conteúdos, novas experiências.

Até à próxima!

5 comentários:

SMP disse...

Penosa para todos, ainda que compreensível - e totalmente legítima, claro está -, esta sua decisão. Então vai deixar a comunidade blogosférica fdupiana entregue às causas fracturantes e aos discursos da moda :)?

O mundo pode até não mudar; mas pelo menos não o deixe mudá-lo a si. No silêncio, há quem leia e concorde com o que diz. Ou não concorde, mas fique a pensar. A mim já me aconteceu.

mpr disse...

Já não tenho muitas coisas para contar, Sandra. Vou tirar uma sabática, digamos.

Não digo que não voltarei, mas tão cedo não me parece.
Obrigado pelas gentis palavras :)

Tomás Gonçalves da Costa disse...

Percebo, também já passei por isso... Contudo, e embora não seja exemplo porque também me cansei e me canso muito depressa, tenho que te pedir que reconsideres. Não peço que mantenhas o ritmo e a qualidade profundíssima dos teus textos. Ao menos vai-nos deixando umas laraxas para nós ficarmos com a água na boca. Umas coisinhas pequenas, quiçá utilizando a tua ironia fina, aquela de luva branca que tu dominas.
Não desistas! Não deixes de mostrar a diferença e as tuas ideias porque isso faz muita falta.

Desculpa esta apelo mas não podia deixar de o fazer

mpr disse...

és bom homem, Tomás Costa.
não mudes.

Lourenço disse...

Estou de acordo com o Tomás, Manuel. Reconsidera essa Sabática! :)

eXTReMe Tracker